O Guia de Plantas Medicinais – Manual do Botânico fitoterapeuta

Para quem ainda não sabe, plantas medicinais são todas as Plantas, que por sua natureza possuem “princípios ativos” que contribuem e auxiliam no tratamento de doenças, sendo que em muitos casos é levado até mesmo a cura.

O maior uso é feito em forma de chás ou infusões, que em sua maioria são ingeridos diariamente, isso enquanto estiver no processo de tratamento, porém é precisa ter atenção e cuidado ao usa-las, pois algumas delas podem ser tóxicas e nocivas quando não sabemos a origem ou especificações.

O uso comum das plantas medicinais é o tratamento de várias doenças, desde as mais comuns até mesmo as mais complexas, mas sempre é bom lembrar que você não deve substituir o conhecimento de um médico, isso porque algumas substancia pode ser prejudicial ao seu caso. Podendo acontecer interação medicamentosa, e isso atrapalhar no processo de cura da doença.

plantas medicinais

Descoberta

Foram os índios que descobriram, a capacidade medicinal destas plantas. Ao chegar no Brasil os colonizadores, aprenderam muito com os indígenas que estavam aqui no nosso país.

Os pajés das tribos indígenas, são os que possuem o maior conhecimento das ervas e plantas medicinais.

A medicina oriental chinesa também utiliza muito estas plantas para o tratamento de doenças de diversos tipos.

Fitoterapia

A ciência que estuda a utilização das plantas medicinais é conhecida como fitoterapia. A homeopatia também utiliza muitos remédios feitos de plantas e ervas medicinais.

O Brasil é um dos países mais ricos em biodiversidade florística. Reconhecer plantas não é uma tarefa fácil, pode ser perigoso usar plantas medicinais sem saber se são tóxicas ou não. Para isso surgiu esse livro que é um manual de como se tornar um botânico-fitoterapeuta, ou seja, uma pessoa que sabe a biologia das plantas e como usá-las para cuidar de sua saúde, e informar à população dos malefícios do uso indiscriminado.

 Exemplos de plantas medicinais

  • camomila,
  • camélia sinensis (chá verde),
  • boldo-do-chile,
  • alecrim,
  • alho,
  • cânfora,
  • capim-limão,
  • carqueja,
  • cominho,
  • funcho,
  • gengibre,
  • ginseng,
  • hortelã,
  • louro,
  • malva,
  • salsa,
  • sálvia,
  • urucum.

Conheça algumas Plantas Medicinais que são usavas no tratamento da Diabetes

Essas plantas ajudam a combater e controlar a diabetes tipo 1 e tipo 2 são:

  • Pata de vaca: Colabora com o controle dos níveis de glicose no sangue;
  • Poejo: É um excelente digestivo, diurético e ajuda na perda de peso corporal;
  • Carqueja: é um poderoso “antidiabética”.

Para o consumo desses chás, você precisa preparar elas, você acrescenta 10 gramas da erva (seca e pronta para consumo), adicione meio litro de água fervente, após isso só coar e tomar 3 xícaras do chá por dia em horários diferentes.

Conheça algumas Plantas Medicinais que ajudam na Infecção Urinária

Aqui temos alguns exemplos de plantas que ajudam na infecção urinária.

Lembrando que estas plantas medicinais, podem ser usadas para infecção urinária, isso devido à sua ação antimicrobiana, antibacteriana, diurética e anti-inflamatória.

  • Uxi-amarelo: Use 5 g da casca, adicione 500 ml de água em uma panela limpa, e deixe ferver por pelo menos 5 minutos, após isso você deixa descansar por 10 minutos, use um coador, você pode beber até 3 xícaras por dia em horários diferentes.
  • Rábano-silvestre: Coloque Duas (2) colheres de chá de folhas secas de rábano-silvestre em Duas (2) xícaras de água quente, quase fervendo, deixe ela descansar por 6 minutos, em seguida você pode coar e tomar até 3 xícaras por dia, em horários diferentes;
  • Capuchinha: misturar 40 gotas de “tintura de capuchinha” em 1/5 xícara de água quente para morna, você pode beber até 5 vezes ao dia em horários diferentes;

Cultivo e conservação das Plantas

Elas são encontradas em lojas onde vendem produtos naturais, algumas farmácias, ou em casa de pessoas que a cultivem e tenha para oferecer, ou até mesmo vender.

Apensar de serem naturais, deve-se tomar cuidado ao cultivar essas plantas, cada uma tem um tipo de cultivo e tratamento.

Na Conservação da erva, sempre verifique se a erva já pronta está abrigada da luz do sol, em lugar seco, se está bem fechado em potes de vidro ou em saquinhos devidamente lacrados.

Evite a todo custo comprar ervas expostas ao ambiente, onde podem ser contaminadas por insetos, poeira, entre outros problemas.

Tenha muito cuidado com os nomes populares, saiba o nome científico da planta,

Nunca compre uma grande quantidade, principalmente sabendo que não vai usar, se possível tenha ela em seu jardim, assim terá o melhor das plantas medicinais sempre frescas.

LIVRO GUIA DE PLANTAS MEDICINAIS

LIVRO GUIA DE PLANTAS MEDICINAIS

SUMÁRIO RESUMIDO

1. Evolução das plantas – Como as plantas surgiram
2. História da Fitoterapia
3. Morfologia Vegetal e identificação de plantas
4. Principais famílias de Plantas Medicinais no Brasil
5. Cultivo de plantas medicinais passo-a-passo
6. Principais receitas passo-a-passo
7. 10 plantas medicinais e seus benefícios

Mensagem do Autor Everton

Fique atento, pois no próximo mês enviarei uma 2ª edição com o capítulo de Evolução humana e mais 40 Plantas pra você que adquiriu.

Passei 6 meses preparando esse livro sobre Plantas Medicinais que trata desde o surgimento e Evolução das plantas na terra, História da Fitoterapia na Europa, Identificação botânica, um Cultivo experimental, as principais Receitas e descrição de plantas importantes sobre seus benefícios ao ser humano.

VANTAGENS

– 110 Páginas
– Com ilustrações para facilitar o entendimento
– PDF
– 95MB
– Dinheiro Garantido (Caso não goste)

é só baixar e ler ou imprimir.

Comprar suas plantas e ervas medicinais seguindo estes simples conselhos é fundamental para garantir a sua segurança e eficácia.